Política de educação profissional do Espírito Santo priorizará vocações locais

C&T Sistemas Estaduais - Sudeste

O governo do Espírito Santo apostou num formato integrado para desenhar a nova política de educação profissional do Estado. O projeto reúne diferentes órgãos e para a definição das diretrizes foram observadas as vocações econômicas de cada município capixaba.

Somente neste ano, serão ofertadas 60 mil vagas para cursos gratuitos. A meta é, até 2014, alcançar a marca de 150 mil oportunidades. De acordo com a Secretaria de Ciência, Tecnologia, Educação Profissional e Trabalho (Sectti), o programa também contará com o apoio do Sistema S. Estão previstas, ainda, as construções de mais três escolas técnicas.

O governo também irá implementar um Observatório do Trabalho, com o propósito de estudar as relações de emprego, renda e vocações de cada cidade. O objetivo é propor soluções para a educação profissional. “Com o observatório, teremos mais uma análise para que os cursos de educação profissional preparem os jovens para uma demanda necessária das empresas”, explicou o titular da Sectti, Jadir Péla. O programa será gerenciado por um comitê estadual.

(Com informações da Sectti-ES)

consorcio-abre-chamada-para-apoio-financeiro-a-participacao-do-brokerage-event  O consórcio internacional INCOBRA lançou nesta segunda-feira (7) uma chamada para conceder apoio financeiro aos participantes do...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
japao-e-brasil-financiam-projetos-em-varias-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Sociedade Japonesa de Promoção da Ciência (JSPS, na sigla em...