Faperj lança três editais num investimento superior a R$ 21 milhões

C&T Sistemas Estaduais - Sudeste

A Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) lançou na última semana mais três chamadas públicas. Os recursos somam R$ 21,7 milhões. Os editais contemplam apoio para formação de doutores, capacitação técnica e projetos de extensão.

Edital 14/2012
Trata-se do programa de Apoio a Projetos de Extensão e Pesquisa (EXTPESQ), que receberá inscrições até o dia 14 de maio. O objetivo é incentivar projetos de extensão, em interface com a pesquisa científica ou desenvolvimento tecnológico, a serem executados no Estado.

São elegíveis como proponentes equipes formadas por um conjunto de pesquisadores com vínculo empregatício em instituições de ensino, pesquisa e extensão sediadas no Estado. O coordenador do projeto deve ter o grau de doutor ou comprovar marcante experiência na área em que a sua proposta se insira. Os recursos alocados para financiamento deste edital são da ordem de R$ 2,5 milhões.

O edital está disponível neste link.

Edital 15/2012
A Faperj receberá até do dia 21 de maio as inscrições para o programa de Treinamento e Capacitação Técnica. O investimento soma R$ 1,2 milhão. A ideia é treinar e aperfeiçoar técnicos de nível fundamental, médio e superior que participam de atividades de apoio a projetos financiados pela fundação, desenvolvidos por pesquisadores com vínculo empregatício em instituições de ensino e pesquisa do Estado.

O edital está disponível neste link.

Edital 16/2012
Num investimento superior a R$ 18 milhões, a fundação espera apoiar as atividades de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, mediante a seleção de propostas que visem à absorção temporária de jovens doutores, com relativa experiência em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), para atuarem em projetos nas diferentes áreas do conhecimento. A submissão pode ser feita até 24 de maio.

A ideia é reforçar a pós-graduação e os grupos de pesquisa sediados no Estado, bem como estimular a renovação de quadros nas universidades e instituições de pesquisa. Está prevista a concessão de 70 bolsas de pós-doutorado, no valor de R$ 3,3 mil mensais, além do repasse de taxa de bancada para projetos no valor de R$ 1 mil mensal, para cada um dos bolsistas, durante os cinco anos do projeto.

Poderão apresentar propostas de projetos de pesquisa orientadores de programas de pós-graduação de instituições de ensino superior ou de centros e institutos de pesquisa, reconhecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

O edital está disponível neste link.

incobra-brokerage-event-disponibiliza-plataforma-para-identificacao-de-parceiros-e-agendamento-de-networkings Já está disponível uma plataforma virtual para que os participantes do INCOBRA Brokerage Event registrem-se e criem o seu perfil de...
metodologia-do-curso-para-elaboracao-e-gestao-de-projetos-da-abipti-e-enaltecida-por-alunos “O diferencial deste curso é que ele é completo, apresenta todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia para o aluno”, explica...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...