Brasil busca estimular o depósito de patentes na área da saúde

C&T Saúde - BR

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) assinaram um acordo de cooperação para estimular o registro de patentes na área da saúde. A ação é resultado do Observatório Tecnológico, uma iniciativa que conta com a participação de pesquisadores das duas instituições na elaboração de estudos prospectivos sobre o setor.

Exemplo desse trabalho são pesquisas sobre o câncer, apresentadas no dia 5 deste mês, na sede do INPI, no Rio de Janeiro (RJ). Representantes das duas instituições destacaram que no tratamento na área de oncologia, existem poucas patentes protegidas no Brasil. Atualmente, no ranking dos maiores depositantes na área estão os Estados Unidos, a China e a Índia.

A Fiocruz é uma instituição associada à ABIPTI.

(Com informações do INPI)

Especial: 26ª Conferência Anprotec

sinergia-e-politica-de-estado-sao-desafios-para-o-brasil-avalia-presidente-da-anprotec Maturidade. Essa é palavra que define o atual estágio do ecossistema brasileiro de empreendedorismo e inovação. O segmento conta com...
meta-chinesa-de-tornar-se-potencia-em-inovacao-cria-oportunidades-para-empreendimentos-brasileiros Fortaleza (CE) - O 13º Plano Quinquenal da República Popular da China estabelece metas ousadas para o desenvolvimento da economia. O...
fundos-de-capital-privado-sao-alternativa-a-crise-para-empresas-inovadoras Fortaleza (CE) - O atual ciclo recessivo da economia brasileira, iniciado em dezembro de 2014, atingiu em setembro o segundo pior...
empreendedorismo-em-negocios-de-impacto-social-cresce-no-brasil Fortaleza (CE) - Aos poucos o brasileiro começa a entender melhor a cultura do empreendedorismo, tida por muitos especialistas como...
gestores-apostam-em-integracao-de-esforcos-para-impulsionar-negocios-inovadores Fortaleza (CE) - Há aproximadamente duas décadas, o ecossistema brasileiro de inovação dependia exclusivamente dos governos...