Falta divulgação para ações do Pronatec, afirma deputado

C&T Educação - BR

Na avaliação do deputado Alex Canziani (PTB-PR), o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) ainda não atingiu o potencial que tem. De acordo com o parlamentar, que foi relator do projeto de lei que criou o Pronatec, falta divulgação nas regiões contempladas.

“Precisamos melhorar a divulgação para termos uma adesão maior de matrículas. Isso não está chegando à juventude”, reclamou. Canziani participou, nesta terça-feira (22), da audiência pública que discute os resultados do programa instituído em outubro de 2011. Na opinião dele, a sociedade precisa conhecer a importância do programa.

“Um dos grandes gargalos do Brasil chama-se falta de mão de obra técnica. Os estrangeiros estão vindo para cá porque não há uma demanda de profissionais qualificados no país”, defendeu. O secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Marco Antonio de Oliveira, respondeu que a divulgação ampla será feita quando houver condições para suprir toda a demanda.

Ele disse que o Pronatec precisa de um site que ofereça cadastro e inscrição dos alunos pela internet, facilitando o acesso dos interessados às informações do sistema. “A ideia é que a pessoa tenha um site com informações sobre os cursos e as ofertas de vagas e que ele possa fazer sua inscrição num dos cursos oferecidos”, afirmou.

De acordo com o secretário, as instituições de ensino federais e o Sistema S, atualmente, são os responsáveis por captar os alunos. A meta para esse ano é criar 500 mil vagas em cursos técnicos e 1,1 milhão de vagas em cursos de formação continuada. Até 2014, a meta é 8 milhões de vagas nesses cursos.

(Com informações da Agência Câmara e da Agência Brasil)

consorcio-abre-chamada-para-apoio-financeiro-a-participacao-do-brokerage-event  O consórcio internacional INCOBRA lançou nesta segunda-feira (7) uma chamada para conceder apoio financeiro aos participantes do...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
japao-e-brasil-financiam-projetos-em-varias-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Sociedade Japonesa de Promoção da Ciência (JSPS, na sigla em...