Tecnologia é essencial para abastecer o mundo com alimentos seguros e sustentáveis

C&T Meio Ambiente - BR

Durante o 21° Congresso Mundial de Nutrição, que termina hoje (20), em Buenos Aires, a Associação Latino-americana e do Caribe de Ciência e Tecnologia de Alimentos (ALACCTA) realizou o Simpósio “Alimentos processados: tecnologia alimentar para uma nutrição melhor”.

Referências mundiais em nutrição e tecnologia de alimentos discutiram o papel que a que esse setor desempenha na inocuidade alimentar e a necessidade de trabalho conjunto e continuado entre a ciência dos alimentos e a indústria para garantir uma cadeia de fornecimento de alimentos seguros, nutritivos e acessíveis para uma população mundial, que está em franco crescimento.

Participaram do evento referências no assunto como a Dra. Julie Miller Jones, professora emérita da Universidade St. Catherine (EUA), o engenheiro de alimentos Jairo Romero, Presidente da ALACCTA (Colômbia) e a Dra. Susana Socolovsky, Presidente da AATA (Argentina).

Para a dra. Julie Miller Jones, a questão não é proibir alimentos processados, mas escolher bem cada cardápio, com alimentos ricos em valor nutricional em uma dieta balanceada.  A professora escreveu a dissertação intitulada “Alimentos processados contribuem a uma dieta que promove a saúde”. No texto ela afirma que “a comida processada já é parte do sistema e está sendo julgada se é culpada ou responsável, inclusive, pela obesidade, mas não é bem assim; portanto, é nossa responsabilidade lutar pela segurança alimentar, porque o processamento é uma necessidade no mundo atual e a prioridade número um da indústria alimentícia deve ser produzir alimentos seguros, nutritivos, acessíveis e sustentáveis”.

AATA

A Associação Argentina de Tecnólogos Alimentares é uma organização sem fins lucrativos fundada em 1969 com o objetivo de unir profissionais, estudantes e empresas comprometidas com o avanço da ciência e tecnologia dos alimentos e suas aplicações dentro do sistema alimentar para garantir alimentos cada vez mais seguros, disponíveis e saudáveis. Através de treinamentos contínuos, aulas e conferências e o Congresso Argentino de Ciência e Tecnologia CYTAL, a AATA mantém seus membros atualizados sobre os últimos desenvolvimentos científicos e tecnológicos na matéria.

ALACCTA

Uma organização sem fins lucrativos criada em 1972 e integrada por 11 Sociedades Nacionais de Ciência e Tecnologia dos Alimentos, de 10 países da América Latina e Caribe, com a missão de promover a integração dos profissionais e indústrias de Ciência e Tecnologia dos Alimentos destas regiões com o restante do mundo para melhorar a segurança e inocuidade dos alimentos e promover o desenvolvimento nacional. A ALACCTA faz a entrega do Prêmio de Ciência e Tecnologia dos Alimentos e organiza junto aos seus associados, o Seminário de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da América Latina e Caribe uma vez a cada dois anos. O próximo Seminário ALACCTA terá sua sede na cidade do Panamá em março de 2018 e será o vigésimo Seminário em 46 anos.

 

Agência CT&I com informações do SEGS