Governo do Paraná premia estudantes e profissionais de Ciências Humanas, Sociais e Agrárias

C&T Educação - BR

Os vencedores do 30º Prêmio Paranaense de Ciência e Tecnologia José Richa foram homenageados nesta terça-feira (3) em Curitiba. Eles receberam o prêmio do governador Beto Richa e do secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, em cerimônia no Palácio Iguaçu.

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, afirmou que o prêmio é uma das ações do Governo do Estado de valorização da pesquisa e extensão, e que contempla as categorias pesquisador, extensionista, estudante de graduação, inventor independente e jornalista. Duas áreas são premiadas a cada ano em um sistema de rodízio. Neste ano, foram Ciências Humanas e Sociais e Ciências Agrárias.

Os vencedores receberam certificado e premiação em dinheiro, de acordo com cada categoria. No total, são cerca de R$ 190 mil em prêmios. Foram premiados nesta edição, da área de Ciências Humanas e Sociais, Jandir Ferrera de Lima, da Unioeste (categoria pesquisador); a professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Rita de Cássia da Silva Oliveira (extensionista), a estudante de graduação Caroline Andressa Welter, da Unioeste, e Mie Francince Fukushigue Chiba, da Folha de Londrina (jornalismo).

Na área de Ciências Agrárias são vencedores das categorias pesquisador e pesquisador extensionista Carlos Alberto Scapim e Ednaldo Michellon, ambos da Universidade Estadual de Maringá; o estudante de graduação João Pedro Mariano dos Santos, da UEM, e a jornalista Gislene Maria Bastos, da RICTV Record.

Além dos premiados e seus familiares, participaram os pesquisadores vencedores da primeira edição do prêmio (1986), representantes das universidades estaduais, institutos de pesquisa e secretarias de Estado. A partir desta edição, o prêmio passa a ser nominado José Richa, que era governador do Estado quando a iniciativa foi instituída.

Beto Richa destacou o trabalho dos profissionais e a contribuição deles para o desenvolvimento do Estado. “Agradeço a todos os que se dedicam e contribuem para o desenvolvimento sustentável e vigoroso do Estado do Paraná”.

Richa afirmou que o Governo do Paraná tem investindo fortemente na área de inovação, pesquisa e tecnologia. Ele lembrou que, quando assumiu, em 2011, as universidades tinham um orçamento de cerca de R$ 700 milhões e que, hoje, o orçamento gira em torno de R$ 2,5 bilhões.

RECONHECIMENTO - Para o reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e presidente da Associação Paranaense das Instituições de Ensino Superior, o prêmio é importante para estimular a pesquisa e os avanços tecnológicos e, acima de tudo, promover o desenvolvimento regional.

31ª EDIÇÃO – Nos próximos dias serão abertas as inscrições para o 31º edição do prêmio, que contemplará as áreas de Engenharias e de Ciências Biológicas. As informações estarão disponíveis no site da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior www.seti.pr.gov.br

O pesquisador da Unioeste, vencedor da área de Ciências Humanas e Sociais, Jandir Ferrera de Lima, destacou a rede de Ciência e Tecnologia como uma política pública de sucesso no Estado.

Para a professora Rita de Cássia, com 26 anos dedicados ao trabalho na Universidade Aberta à Terceira Idade da UEPG, a iniciativa é uma importante valorização da extensão. “Hoje vemos que a extensão ocupa o mesmo patamar que a pesquisa e o ensino”, disse ela. “Atuo nas três linhas de ação e considero as três importantes”, afirmou.

Ednaldo Michellon, pesquisador da UEM, lembrou que a extensão é a área em que as pesquisas produzidas pelas universidades são disseminadas para a sociedade. “Receber o Prêmio José Richa é o coroamento de uma carreira, que começou justamente quando ele era governador, em 1985.”

Confira a premiação, por categoria:

Pesquisador – R$ 34.704,88

Extensionista – R$ 34.704,88

Jornalista – R$ 13.881,95

Estudante de Graduação – R$ 11.568,29

(Agência ABIPTI com informações do Governo do Paraná)

consorcio-abre-chamada-para-apoio-financeiro-a-participacao-do-brokerage-event  O consórcio internacional INCOBRA lançou nesta segunda-feira (7) uma chamada para conceder apoio financeiro aos participantes do...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
japao-e-brasil-financiam-projetos-em-varias-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Sociedade Japonesa de Promoção da Ciência (JSPS, na sigla em...