Governo confirma que desmatamento da Amazônia caiu 72% em relação a 2004

C&T Meio Ambiente - BR

 

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA) confirmaram, nesta semana, que o desmatamento observado em 2016 é 72% menor na comparação com a área registrada em 2004, ano em que o governo federal deu início ao Plano de Ação para Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAm).


Todos os nove estados que compõem a Amazônia Legal apresentaram diminuição de desmatamento entre 2004 e 2016. Mato Grosso apresentou redução de 87% no desflorestamento, seguido por Maranhão e Pará, que registraram queda de 66%. Na sequência, aparecem Rondônia (-64%), Amapá e Tocantins (-63%), Acre (-49%), Roraima (-35%) e Amazonas (-8%).


Entre agosto de 2015 e julho de 2016, foram 7.893 km² desmatado, cerca de 1% abaixo da previsão inicial, de 7.989km², feita pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Os dados foram coletados pelo Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes) e revelam um aumento de 27% na retirada de cobertura vegetal em relação ao período anterior, de agosto de 2014 a julho de 2015.


O Prodes faz o monitoramento por satélites do desmatamento por corte raso na Amazônia Legal e produz as taxas anuais de desflorestamento na região desde 1998. Esses dados são utilizados pelo governo brasileiro para o estabelecimento de políticas públicas.


O projeto Prodes conta com a colaboração do MMA e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e está inserido como ação do MCTIC no Grupo Permanente de Trabalho Interministerial (GTPI) para a Redução dos Índices de Desmatamento da Amazônia Legal, criado em 3 de julho de 2005. O GTPI é parte do Plano de Ação para a Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal, lançado em 15 de março de 2004.


Os dados estão disponíveis para consulta neste link.


(Agência ABIPTI, com informações do MCTIC)


incobra-brokerage-event-disponibiliza-plataforma-para-identificacao-de-parceiros-e-agendamento-de-networkings Já está disponível uma plataforma virtual para que os participantes do INCOBRA Brokerage Event registrem-se e criem o seu perfil de...
metodologia-do-curso-para-elaboracao-e-gestao-de-projetos-da-abipti-e-enaltecida-por-alunos “O diferencial deste curso é que ele é completo, apresenta todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia para o aluno”, explica...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...