Sistema de monitoramento consegue prever enchentes na região Amazônica

C&T Inovação - BR


Os ministérios da Defesa (MD) e da Integração Nacional lançaram nesta terça-feira (29) o Sistema Integrado de Monitoramento e Alerta Hidrometeorológico da Amazônia (SIPAMHidro). Ele foi criado no âmbito do Sistema de Proteção da Amazônia, para fornecer informações de monitoramento e previsão dos níveis dos principais rios que compõem a Bacia Amazônica e suas subacias, entre essas, as dos rios Amazonas, Tocantins e Araguaia.

Desenvolvido por analistas do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), do Ministério da Defesa (MD), o sistema também irá gerar conhecimento a respeito das bacias urbanas, envolvendo enchentes e inundações nas principais cidades, possibilitando planejar, com antecedência, as intervenções com objetivo de assistir adequadamente a população afetada.

“Esse sistema tem a condição de antecipar e, em alguns casos, até de evitar situações problemáticas relacionadas ao clima, porque ele conseguirá prever situações de seca, tempestades e condições de navegabilidade com até duas horas de antecedência”, afirmou o ministro da Defesa, Raul Jungmann.

A concepção do SIPAMHidro é definida como um conjunto de tecnologias, metodologias e procedimentos operacionais, integrados em uma plataforma de banco de dados capaz de fornecer informações especializadas das condições hidrológicas e meteorológicas que estão ocorrendo nas grandes bacias. Com base nisso, o sistema também poderá prever as prováveis consequências que os eventos extremos dessa natureza podem ocasionar a população, possibilitando, com isso, melhorar a eficiência das respostas de prevenção e mitigação das defesas civis.

O coordenador do projeto, o analista de Ciência e Tecnologia, Flávio Altieri, explica que o grande diferencial está na capacidade de se obter informações de forma sistêmica e integrada, além de identificar e dimensionar a extensão do impacto do desastre sobre as áreas urbanas influenciadas por eventos de alagamentos e inundações, sejam eles provocados por tempestades severas, ou pela cheia natural dos grandes rios.

O novo sistema já está no ar, no endereço eletrônico www.sipam.gov.br.

(Agência ABIPTI, com informações do Ministério da Defesa)

consorcio-abre-chamada-para-apoio-financeiro-a-participacao-do-brokerage-event  O consórcio internacional INCOBRA lançou nesta segunda-feira (7) uma chamada para conceder apoio financeiro aos participantes do...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
japao-e-brasil-financiam-projetos-em-varias-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Sociedade Japonesa de Promoção da Ciência (JSPS, na sigla em...