MCTIC inicia construção do Planejamento Estratégico para os próximos cinco anos

C&T Gestão - Gestão

 

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) apresentou nesta terça-feira (29), em Brasília (DF), a elaboração do Planejamento Estratégico para os próximos cinco anos. Depois de 45 entrevistas com servidores e gestores, a pasta finalizou a etapa de diagnóstico e parte agora para a realização das oficinas que vão determinar a missão e os principais objetivos do MCTIC. A expectativa é que o trabalho seja concluído em dezembro.

O ministro Gilberto Kassab destacou o trabalho bem sucedido de integração entre as pastas de comunicações e de ciência e tecnologia. “O tempo mostrou que a fusão trouxe ganhos e conquistas para ambos os ministérios. A comunidade acadêmica percebeu a importância que têm as comunicações na sua rotina. O acesso que eles tiveram aos meios de comunicação melhorou, fortalecendo a divulgação de projetos, o embate por mais recursos e a legítima luta pela conquista de espaço”, afirmou.

“Cumprimos várias etapas de integração, e agora é hora de dar partida no processo que vai dizer qual nossa visão e missão como ministério”, disse o secretário-executivo do MCTIC, Elton Zacarias.

Batizado de Mobiliza MCTIC, o projeto também busca a ampla participação dos servidores. Para isso, na segunda-feira (28), foi publicada portaria que institui um grupo executivo, composto por um representante de cada unidade do ministério, entidades vinculadas e institutos de pesquisa. Também foi lançada uma página na internet, onde os servidores podem acompanhar as etapas do plano e opinar a respeito por meio de enquetes.

“Os servidores vão receber no e-mail institucional um link para acessar e responder as enquetes. A opinião de todos vai ser recolhida. Os servidores também podem participar interagindo com os representantes do grupo executivo, que são porta-vozes das unidades do ministério”, frisou o diretor de Gestão Estratégica da Secretaria-Executiva do MCTIC, Johnny Santos.

A elaboração do planejamento estratégico conta com suporte da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) e se apoia no foco em resultados e ampla participação, observando os compromissos já assumidos pelo MCTIC, presentes na Lei do Plano Plurianual (PPA), na Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (Encti) e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (Agenda ONU 2030).

(Agência ABIPTI, com informações do MCTIC)

consorcio-abre-chamada-para-apoio-financeiro-a-participacao-do-brokerage-event  O consórcio internacional INCOBRA lançou nesta segunda-feira (7) uma chamada para conceder apoio financeiro aos participantes do...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
japao-e-brasil-financiam-projetos-em-varias-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Sociedade Japonesa de Promoção da Ciência (JSPS, na sigla em...