CCT aprova projeto que proíbe bloqueio de recursos dos fundos de telecomunicação

C&T Política - BR

 

A proposta que veda o contingenciamento de recursos dos fundos setoriais de telecomunicação e permite sua destinação a empresas privadas foi aprovada nesta quarta-feira (23) na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado Federal. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 125/2017 proíbe, a partir de 1º de janeiro de 2020, o bloqueio dos recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) e do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funtel).

Segundo o autor da proposta, senador Otto Alencar (PSD-BA), praticamente todo o montante arrecadado pelos fundos tem sido contingenciado pelo governo federal desde sua criação. “Segundo recente relatório elaborado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), dos R$ 20,5 bilhões arrecadados entre 2001 e 2016, o montante efetivamente aplicado para a universalização dos serviços de telecomunicações, razão de ser do Fundo, corresponde a R$ 341 mil, ou seja, menos de 0,002% dos recursos arrecadados”, apontou Otto.

Pela legislação atual, empresas privadas que prestam serviços de internet em banda larga ou de telefonia móvel não podem acessar os recursos dos fundos para expandir sua área de cobertura. Apenas a telefonia fixa — único serviço de telecomunicações prestado sob regime público no Brasil — pode se beneficiar dos recursos dos fundos.

Na avaliação do relator da matéria na comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), a proposta poderá viabilizar a expansão dos serviços de telecomunicações no Brasil, especialmente na ampliação da cobertura e melhoria da qualidade de internet de banda larga nas regiões menos desenvolvidas.

Omar acatou emenda do senador Jorge Viana (PT-AC) que prevê a aplicação descentralizada dos recursos dos fundos setoriais, em benefício de estados e municípios.

A proposta agora segue para análise da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), em decisão terminativa.

(Agência ABIPTI, com informações da Agência Senado)


incobra-brokerage-event-disponibiliza-plataforma-para-identificacao-de-parceiros-e-agendamento-de-networkings Já está disponível uma plataforma virtual para que os participantes do INCOBRA Brokerage Event registrem-se e criem o seu perfil de...
metodologia-do-curso-para-elaboracao-e-gestao-de-projetos-da-abipti-e-enaltecida-por-alunos “O diferencial deste curso é que ele é completo, apresenta todo o Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia para o aluno”, explica...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...