MCTIC elabora projeto para integrar ações de rastreamento do governo

C&T Gestão - Gestão

Está sendo elaborado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), um programa para integrar todas as ações de rastreamento de produtos, bens, valores, veículos e mercadorias do Governo Federal.

Apresentado durante reunião entre o secretário de Política de Informática, Maximiliano Martinhão, o diretor da Finep Ronaldo Camargo e o presidente do Ceitec, Paulo de Tarso Luna, o programa RAStro vai envolver 12 ministérios, sob coordenação do MCTIC, e contará com o apoio tecnológico do Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec).

O objetivo é criar um sistema de gestão integrado de identificação, planejamento e controle por meio do rastreamento. As aplicações abrangem áreas como transporte, logística, saúde e segurança. "A proposta está alinhada às ações do governo, especialmente ao Plano Nacional de Internet das Coisas", destacou Maximiliano Martinhão.


Entre os benefícios previstos, o programa poderá reduzir custos com atividades de logística; aperfeiçoar o controle do trânsito e de mercadorias nas fronteiras e rodovias do país; integrar sistemas de segurança pública e incrementar a arrecadação tributária. "Não temos dúvidas de que se trata de um campo estratégico", acrescentou.

(Agência ABIPTI com informações do MCTIC)