Sebrae divulga novo estudo sobre a cadeia de energia eólica

C&T Meio Ambiente - BR

O Sebrae lançou na semana passada um estudo de abrangência nacional sobre a cadeia de energia eólica. O lançamento foi feito  durante o Encontro de Negócios em Energias Renováveis, em São Paulo. Além da divulgação do estudo, o evento abrigou a primeira rodada internacional de negócios para as cadeias de energia eólica e solar fotovoltaica organizada pelo Sebrae.

Uma das  tendências apontadas pelo novo estudo foi um novo mercado de operação e manutenção de parques eólicos deve se abrir, nos próximos dois anos, para pequenas empresas brasileiras.

De acordo com estimativas levantadas pelo estudo, a capacidade instalada em parques eólicos deve dobrar até 2025, duplicando também a participação do setor no Produto Interno Bruto (PIB) do país. O mapeamento das empresas que atuam no segmento revelou, ainda, que há players atuantes em todos os elos da cadeia de geração centralizada de energia eólica. Há uma concentração de fabricantes de componentes e subcomponentes em estados do Sudeste, embora os parques sejam mais abundantes no Nordeste. O estado com maior capacidade instalada é o Rio Grande do Norte, seguido pela Bahia.

Outro dado apontado pelo levantamento diz respeito à presença de 14 empresas que atuam com mini e microgeração de energia eólica no país. Como o setor se estrutura com grandes peças (pás, torres, entre outras) – e não em módulos, como acontece com a energia solar – esse aspecto ainda pode ser muito desenvolvido.

O Encontro de Negócios em Energias Renováveis integra a Frente de Economia Verde do Projeto Plataforma – uma iniciativa do Sebrae em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e com a Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI). “Este é um momento muito importante, porque trata-se da primeira iniciativa de maior vulto do Sebrae para essas cadeias, estratégicas para o desenvolvimento do Brasil”, disse a coordenadora do Macrossegmento Energia no Sebrae, Eliane Borges.

(Agência ABIPTI com informações do Sebrae)


 


consorcio-abre-chamada-para-apoio-financeiro-a-participacao-do-brokerage-event  O consórcio internacional INCOBRA lançou nesta segunda-feira (7) uma chamada para conceder apoio financeiro aos participantes do...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
japao-e-brasil-financiam-projetos-em-varias-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Sociedade Japonesa de Promoção da Ciência (JSPS, na sigla em...