Seminário sobre corte no orçamento de CT&I mostrará importância da inovação no país

C&T Gestão - Gestão

Segundo o presidente da ABIPTI, Julio Felix, não existe país desenvolvido sem inovação e pesquisa fortalecidas - Foto: Divulgação/internetSegundo o presidente da ABIPTI, Julio Felix, não existe país desenvolvido sem inovação e pesquisa fortalecidas - Foto: Divulgação/internet

O corte orçamentário realizado pelo governo federal em 2017 colocou os investimentos em ciência, tecnologia e inovação (CT&I) no mesmo patamar do início da década passada. A regressão nos aportes do setor representa um grande desafio para a comunidade científica brasileira. A avaliação é do presidente da Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação (ABIPTI), Julio C. Felix.

Com o intuito de debater a situação atual da ciência, tecnologia e inovação no Brasil, Julio Felix participará da abertura do seminário “Redução do Orçamento de CT&I: Consequências e Possibilidades”, que será realizado na próxima terça-feira (11), às 14h, na Câmara dos Deputados, promovido pela Frente Parlamentar de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação (FPCTPI).

“Esperamos que o evento, junto a pessoas e entidades que fazem políticas públicas, possa mostrar a importância da inovação no país. Queremos mostrar que não existe país desenvolvido sem uma área de pesquisa e inovação fortalecida”, afirmou o presidente da ABIPTI.

O seminário terá ainda como foco discutir quais as soluções e possibilidades poderão ser tomadas para diminuir o impacto com os cortes ao setor e atenuar o difícil momento que vem atravessando a comunidade científica brasileira. Para tanto, os painéis abordarão a situação atual e os desafios orçamentários do setor.

Segundo Julio Felix, outra perda que será abordada pelos debatedores é a de recursos humanos. A discussão vai tratar a respeito da falta de estímulo para que os pesquisadores continuem no Brasil, a precarização contínua de trabalho nessas atividades e a influência da produção de conhecimento no futuro econômico do país.

O evento conta com a organização da ABIPTI, secretaria executiva da Frente Parlamentar de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação, e com o apoio do Fórum de Assessorias Parlamentares de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação (ForumCTIE).

Foram convidados o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, a presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, o deputado e ex-ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, e o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Abílio Baeta.

(Agência ABIPTI)

 


brasil-e-espanha-assinam-acordos-em-areas-que-envolvem-pesquisa-e-tecnologia Os governos do Brasil e da Espanha assinaram nesta segunda-feira (24) cinco atos de cooperação em quatro diferentes áreas, que...
editais-selecionam-projetos-de-pesquisa-conjuntos-entre-franca-e-america-do-sul A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou dois novos editais para seleção de projetos conjuntos...
acordo-entre-sebrae-e-cnpq-preve-r-134-milhoes-para-pesquisa-de-alto-impacto O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e...
edital-de-inovacao-da-industria-oferece-r-536-milhoes-a-empresas-e-startups Projetos inovadores com aplicações industriais terão incentivo de mais de R$ 53,6 milhões neste ano para serem desenvolvidos e...
pacote-de-inovacao-da-embrapii-injetara-r-100-milhoes-na-economia A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) anunciou nesta sexta-feira (17), durante a reunião da Mobilização...