Ministro e cientistas defendem mais recursos para pesquisa

C&T Gestão - Gestão

A recuperação dos recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que teve um corte de 44% em seu orçamento para este ano, e a luta para o Brasil injetar 2% do Produto Interno Bruto (PIB) em pesquisa e desenvolvimento (P&D) foram defendidas nesta terça-feira (9), no Rio de Janeiro (RJ) por cientistas e representantes do governo federal.

Segundo o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, o ministério trabalha pela recuperação de recursos federais para as áreas de atuação da pasta. "Sou solidário e testemunha de que a ciência brasileira carece de mais recursos. E é luta de todos nós para que o país possa alcançar 2% do seu PIB para pesquisa e ciência", completou.

Kassab participou da entrega do prêmio Almirante Álvaro Alberto ao biólogo Samuel Goldenberg. O reconhecimento é conferido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) em parceria com a Fundação Conrado Wessel e a Marinha do Brasil.

Cientistas no evento ressaltaram a importância de recursos para o desenvolvimento da pesquisa científica e a preocupação com o seu financiamento, como fez Goldenberg em seu discurso de agradecimento. Ele desenvolve pesquisa em parasitologia e tem reconhecimento pelo papel no enfrentamento ao agente transmissor da doença de Chagas.

O presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich, citou campos de pesquisa no país que contribuem com o desenvolvimento econômico e apontou a necessidade de apoio para que esses setores evoluam.

Na cerimônia, foram empossados 15 novos membros da ABC em áreas como ciências físicas, ciências da saúde e ciências sociais, responsáveis por pesquisas em diferentes áreas de conhecimento, como enfrentamento ao vírus zika, estudos em antropologia e matemática aplicada.

Também foram concedidos títulos de pesquisador emérito a dez cientistas e oferecida menção especial de agradecimentos ao secretário estadual de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis do Acre, Sibá Machado.

(Agência ABIPTI, com informações do MCTIC)


brasil-e-espanha-assinam-acordos-em-areas-que-envolvem-pesquisa-e-tecnologia Os governos do Brasil e da Espanha assinaram nesta segunda-feira (24) cinco atos de cooperação em quatro diferentes áreas, que...
editais-selecionam-projetos-de-pesquisa-conjuntos-entre-franca-e-america-do-sul A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou dois novos editais para seleção de projetos conjuntos...
acordo-entre-sebrae-e-cnpq-preve-r-134-milhoes-para-pesquisa-de-alto-impacto O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e...
edital-de-inovacao-da-industria-oferece-r-536-milhoes-a-empresas-e-startups Projetos inovadores com aplicações industriais terão incentivo de mais de R$ 53,6 milhões neste ano para serem desenvolvidos e...
pacote-de-inovacao-da-embrapii-injetara-r-100-milhoes-na-economia A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) anunciou nesta sexta-feira (17), durante a reunião da Mobilização...