MME prevê que Brasil chegue a 7ª posição do ranking mundial de fontes renováveis

C&T Meio Ambiente - BR

O Brasil se tornou destaque no ranking mundial de fontes renováveis, com a 8ª posição mundial em geração de energia eólica em 2015. Para 2016, com produção de 33,5 terawatt/hora (TWh) providos pelos ventos, a previsão é que o País alcance a 7ª posição no ranking, superando o Canadá. Os dados constam nas edições anuais do boletim “Ranking Internacional de Energia e Socioeconomia – ano base 2014-2015”, publicado pelo Ministério de Minas e Energia (MME).

O Brasil também se destaca como o 4º maior consumidor de fontes renováveis e o 3º maior em geração hidráulica. Em termos de participação de fontes renováveis na matriz energética, considerando apenas os 63 países com Produto Interno Bruto (PIB) per capita igual ou superior, o Brasil fica na 6ª posição.

Enquanto as trinta economias de menor PIB per capita têm uma proporção de 52,1% de renováveis na matriz energética, o Brasil tem 39,4%. Já as economias do bloco da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) têm apenas 9,4% de renováveis na matriz.

O boletim “Ranking Mundial de Energia e Socioeconomia” apresenta o ranking dos 15 primeiros países - de um universo de cerca de 140 - para uma seleção de 38 indicadores, cobrindo as áreas de energia, emissões de CO2, população e economia.

Para mais informações, acesse o boletim completo aqui.

(Agência ABIPTI, com informações do MME)


consorcio-abre-chamada-para-apoio-financeiro-a-participacao-do-brokerage-event  O consórcio internacional INCOBRA lançou nesta segunda-feira (7) uma chamada para conceder apoio financeiro aos participantes do...
embrapii-desenvolvera-projetos-de-inovacao-com-empresas-brasileiras-e-britanicasCinco unidades e um polo da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) irão desenvolver sete projetos de inovação...
capes-financia-projetos-conjuntos-com-a-holanda-em-todas-as-areas-do-conhecimento  A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) lançou o edital nº 27/2017, referente ao Programa...
fapesp-e-cdti-anunciam-financiamento-para-pesquisa-inovativa  A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Centro para el Desarrollo Tecnológico Industrial (CDTI)...
japao-e-brasil-financiam-projetos-em-varias-areas-do-conhecimentoA Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e a Sociedade Japonesa de Promoção da Ciência (JSPS, na sigla em...