Universidade e Inpe constroem computador de bordo para nanossatélite

C&T Inovação - BR

A Universidade Federal do Ceará (UFC), em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), desenvolveu um computador de bordo para cubesats – tipo de satélite miniaturizado usado para pesquisas espaciais e comunicações radioamadoras. Aliando baixo custo e alta confiabilidade, o equipamento será utilizado no Conasat, projeto do Centro Regional Nordeste (CRN) do Inpe voltado à capacitação de recursos humanos e promoção à inovação tecnológica nos ramos da eletrônica e de telecomunicações.

Segundo a chefe do CRN, Jozeane Mafra de Carvalho, “o computador de bordo está sendo desenvolvido para os nanossatélites da constelação Conasat e também poderá ser usado em outras missões de cubesats”.

Batizado de Open OBC, por ser um computador de bordo com padrão de hardware e software abertos, o equipamento foi resultado da dissertação de mestrado de David Freitas Mota, sob a orientação de João Cesar Moura Mota e Jarbas Aryel Nunes da Silveira, do Departamento de Engenharia de Teleinformática (Deti) do Centro de Tecnologia da UFC.

A arquitetura do computador de bordo Open OBC utiliza o processador TMS570LS0432 da Texas Instruments, que possui: núcleo ARM Cortex-R4 em duas CPUs; detecção e correção de falhas em suas memórias RAM e ROM internas; hardware BIST tanto na CPU quanto na memória RAM; e outras características de segurança como o monitoramento do clock e da tensão de alimentação. Uma memória flash externa foi utilizada para armazenamento de código e dados.

Há duas interfaces I2C para a comunicação com os subsistemas existentes em um cubesat, sendo uma exclusiva para comunicação com o transponder. A arquitetura é complementada por uma interface UART para diagnóstico e depuração, sinais PWM para acionamento das bobinas de torque e entradas ADC para medição da intensidade da luz solar nas faces do satélite.

Estão previstos ainda um cartão MicroSD para armazenamentos de dados e uma interface CAN para tráfego de informações transmitidas em tempo real. De acordo com o Inpe, isso garante um controle rígido de erros e a recepção de mensagens.

O computador de bordo foi eletronicamente testado e está apto à integração com os demais subsistemas.

(Agência ABIPTI, com informações do Inpe)


Especial: 26ª Conferência Anprotec

sinergia-e-politica-de-estado-sao-desafios-para-o-brasil-avalia-presidente-da-anprotec Maturidade. Essa é palavra que define o atual estágio do ecossistema brasileiro de empreendedorismo e inovação. O segmento conta com...
meta-chinesa-de-tornar-se-potencia-em-inovacao-cria-oportunidades-para-empreendimentos-brasileiros Fortaleza (CE) - O 13º Plano Quinquenal da República Popular da China estabelece metas ousadas para o desenvolvimento da economia. O...
fundos-de-capital-privado-sao-alternativa-a-crise-para-empresas-inovadoras Fortaleza (CE) - O atual ciclo recessivo da economia brasileira, iniciado em dezembro de 2014, atingiu em setembro o segundo pior...
empreendedorismo-em-negocios-de-impacto-social-cresce-no-brasil Fortaleza (CE) - Aos poucos o brasileiro começa a entender melhor a cultura do empreendedorismo, tida por muitos especialistas como...
gestores-apostam-em-integracao-de-esforcos-para-impulsionar-negocios-inovadores Fortaleza (CE) - Há aproximadamente duas décadas, o ecossistema brasileiro de inovação dependia exclusivamente dos governos...