Unidades Embrapii precisam ter forte relação com mercado e inovação, avalia Jorge Guimarães

C&T Economia - Economia

 

A Empresa Brasileira de Pesquisa de Inovação Industrial (Embrapii) divulgou na semana passada o resultado preliminar da chamada pública 01-2016, que selecionou sete novas unidades que atuarão em áreas de competência diversas. Para o diretor-presidente da entidade, Jorge Guimarães, este resultado possui um diferencial em relação às demais chamadas.


“Procuramos selecionar áreas de competência que possuem uma relação forte com o mercado e que está a todo momento necessitando de inovação. A área de Fármacos é de um potencial enorme. Precisamos fomentar nossa indústria aproveitando o que temos de melhor em estudos brasileiros”, declarou.


As novas unidades irão atuar em áreas de competência inéditas e com alta demanda por inovação e de mercado. Elas tratarão de controle biológico de pragas; biofotônica e instrumentação; recuperação de rejeitos industriais; biofármacos e fármacos; manufatura avançada; eletrônica impressa; sistemas de manufatura e em laser. Confira as unidades selecionadas pelo edital aqui.


Para esta chamada pública, foram recebidas 85 propostas de instituições candidatas. O valor total dos planos de ação das selecionadas é de R$ 177 milhões, sendo R$ 58,8 milhões da Embrapii. Desde sua fundação, a entidade já fechou 198 projetos no valor total de R$ 312 milhões. Com o novo resultado, chegam a 35 o número de unidades credenciadas.


A Embrapii mantém contrato de gestão com o Ministério da Ciência Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Ministério da Educação (MEC) e atua por meio da cooperação com instituições de pesquisa científica e tecnológica, públicas ou privadas, tendo como foco as demandas empresariais e como alvo o compartilhamento de risco na fase pré-competitiva da inovação.


(Agência ABIPTI, com informações da Embrapii)

Especial: 26ª Conferência Anprotec

sinergia-e-politica-de-estado-sao-desafios-para-o-brasil-avalia-presidente-da-anprotec Maturidade. Essa é palavra que define o atual estágio do ecossistema brasileiro de empreendedorismo e inovação. O segmento conta com...
meta-chinesa-de-tornar-se-potencia-em-inovacao-cria-oportunidades-para-empreendimentos-brasileiros Fortaleza (CE) - O 13º Plano Quinquenal da República Popular da China estabelece metas ousadas para o desenvolvimento da economia. O...
fundos-de-capital-privado-sao-alternativa-a-crise-para-empresas-inovadoras Fortaleza (CE) - O atual ciclo recessivo da economia brasileira, iniciado em dezembro de 2014, atingiu em setembro o segundo pior...
empreendedorismo-em-negocios-de-impacto-social-cresce-no-brasil Fortaleza (CE) - Aos poucos o brasileiro começa a entender melhor a cultura do empreendedorismo, tida por muitos especialistas como...
gestores-apostam-em-integracao-de-esforcos-para-impulsionar-negocios-inovadores Fortaleza (CE) - Há aproximadamente duas décadas, o ecossistema brasileiro de inovação dependia exclusivamente dos governos...