Universidade abre editais para Programa de Iniciação Científica

C&T Sistemas Estaduais - BR

A Universidade de Brasília (UnB) divulgou quatro editais do Programa de Iniciação Científica (ProIC) 2017-2018, destinados a estudantes de graduação e do ensino médio interessados em vivenciar o ambiente de pesquisa. As áreas de atuação incluem Exatas e Tecnologia, Artes e Humanidades, Saúde e Vida, oferecendo oportunidades para as diversas vocações profissionais dos universitários. As inscrições para as chamadas públicas devem ser feitas entre 25 de março e 25 de abril.

Os editais são: do Programa de Iniciação Científica (Pibic); do Programa de Iniciação Científica em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibiti); do Programa de Iniciação Científica do Ensino Médio (Pibic-EM); e do Programa de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas (Pibic-AF), esse último voltado a alunos beneficiários de políticas de inclusão social.

Alunos regularmente matriculados em disciplinas de curso de graduação de qualquer instituição de ensino superior do Distrito Federal podem participar do ProIC, desde que atendam todas as exigências previstas em edital. Entre os requisitos estão: ser selecionado e indicado pelo orientador para o projeto de pesquisa em questão; apresentar Índice de Rendimento Acadêmico (IRA) igual ou superior a três; ter currículo na Plataforma Lattes.

O universitário interessado na iniciação científica pode obter informações sobre os projetos em andamento e a previsão de novas propostas com os professores ou coordenadores de cursos de graduação ou pós-graduação de cada departamento. Outra possibilidade é que o aluno apresente sua proposta de pesquisa a um docente interessado em orientar e submeter o projeto aos editais do ProIC.

As inscrições de projetos de pesquisa são feitas exclusivamente por docentes pelo sistema Sibol Web, conforme datas e orientações previstas em cada edital. Uma novidade do Pibic 2017/2018 é que o período de inscrição varia de acordo com a área de conhecimento, particularidade que não acontece para Pibiti e Pibic-AF. Outra inovação é que, com exceção do processo para ensino médio, todos os editais passam a ter as inscrições feitas pela internet – facilidade que antes só se aplicava ao Pibic.

Os projetos aprovados têm duração de 12 meses, com início em agosto e término em julho do ano seguinte. Ao final, os estudantes participam do Congresso de Iniciação Científica da UnB, quando apresentam os resultados finais da pesquisa. Para incentivar novos pesquisadores, 20% das bolsas do ProIC são destinadas a docentes recém-doutores (titulados a partir de 2014) ou docentes mestres.

Para mais informações, acesse os editais completos aqui.

(Agência ABIPTI, com informações da UnB)



Especial: 26ª Conferência Anprotec

sinergia-e-politica-de-estado-sao-desafios-para-o-brasil-avalia-presidente-da-anprotec Maturidade. Essa é palavra que define o atual estágio do ecossistema brasileiro de empreendedorismo e inovação. O segmento conta com...
meta-chinesa-de-tornar-se-potencia-em-inovacao-cria-oportunidades-para-empreendimentos-brasileiros Fortaleza (CE) - O 13º Plano Quinquenal da República Popular da China estabelece metas ousadas para o desenvolvimento da economia. O...
fundos-de-capital-privado-sao-alternativa-a-crise-para-empresas-inovadoras Fortaleza (CE) - O atual ciclo recessivo da economia brasileira, iniciado em dezembro de 2014, atingiu em setembro o segundo pior...
empreendedorismo-em-negocios-de-impacto-social-cresce-no-brasil Fortaleza (CE) - Aos poucos o brasileiro começa a entender melhor a cultura do empreendedorismo, tida por muitos especialistas como...
gestores-apostam-em-integracao-de-esforcos-para-impulsionar-negocios-inovadores Fortaleza (CE) - Há aproximadamente duas décadas, o ecossistema brasileiro de inovação dependia exclusivamente dos governos...