Acordo entre Sebrae e CNPq prevê R$ 134 milhões para pesquisa de alto impacto

C&T Economia - Economia

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) formalizaram um acordo de cooperação para conceder 4.673 bolsas a empresas de pequeno porte. A parceria contará com aporte de R$ 134 milhões a pesquisas de alto impacto, podendo vir a beneficiar 73,2 mil empreendimentos. Também se espera que sejam produzidos 3.660 artigos sobre os projetos desenvolvidos.

Esse é o terceiro acordo destinado à concessão de bolsas a Agentes Locais de Inovação (ALI) para acompanhamento de projetos inovadores nos pequenos negócios, desde o primeiro firmado em 2010. A iniciativa ajuda as micro e pequenas empresas (MPEs) a implantar novas práticas, com o objetivo de torná-las mais competitivas.

De acordo com o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, o ponto principal do acordo é viabilizar um novo formato para o programa ALI, tendo como foco a implementação da gestão da inovação nos pequenos negócios com potencial inovador e de alto impacto.

Ao longo dos sete anos da parceria Sebrae-CNPq, já foram concedidas cerca de 6.850 bolsas para acompanhamento de mais de 120 mil pequenas empresas. Também foram elaborados 2,8 mil artigos pelos agentes, o que proporcionou o compartilhamento do conhecimento no âmbito do projeto.

Conforma a avaliação de Domingos, o projeto se firma como importante ator no estímulo da inovação tecnológica e diferencial competitivo para as empresas de pequeno porte. “Hoje, mais de 30% do orçamento do Sebrae são destinados à inovação”, afirma Afif, ao explicar que a instituição é a que mais investe em inovação tecnológica para os pequenos negócios no país.

(Agência ABIPTI, com informações da Agência Sebrae de Notícias)