Maria Zaira Turchi é eleita presidente do Confap

C&T Gestão - Gestão

Depois de dois mandados à frente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), Sério Gargioni deixa a presidência da entidade. Em seu lugar, assume a pesquisadora Maria Zaira Turchi, que preside a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) e ocupou a vice-presidência do conselho nos últimos dois anos. Seu mandato vai até março de 2019.

Turschi atua em pesquisa nas áreas de Literatura e Antropologia do Imaginário, Leitura e Formação do Leitor, Literatura Infantil e Juvenil. Ela foi vice-presidente da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Letras e Linguística (Anpoll) e é membro do Conselho Estadual de Educação e do Conselho Estadual do Meio Ambiente de Goiás. É graduada em Letras – Português/Inglês pela Universidade Federal de Goiás e Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS).

A eleição para escolher a nova diretoria ocorreu no segundo dia do Fórum Confap, realizado em São Paulo (SP), nessa sexta-feira (10), com a presença de dirigentes de fundações de apoio à pesquisa (FAPs) de todo o país. No evento, também foi escolhido o novo vice-presidente, Claudio Furtado, que está à frente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) e ocupou a função de diretor regional do Nordeste no Confap.

Editais

Durante o fórum, o presidente da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), Abraham Benzaquem Sicsu, anunciou para maio o lançamento de nova chamada pública, desta vez envolvendo também ações de inovação, com entidades francesas e FAPs do nordeste, além de parceiros como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Segundo Alex Oliveira, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Maranhão (Fapema), também será lançado neste ano outro edital, no âmbito do programa Guyamazon, que envolve as fundações de amparo à pesquisa dos estados do Amapá (Fapeap), Amazonas (Fapeam), Maranhão (Fapema), e Pará (Fapespa).

(Agência ABIPTI, com informações do Confap)


Especial: 26ª Conferência Anprotec

sinergia-e-politica-de-estado-sao-desafios-para-o-brasil-avalia-presidente-da-anprotec Maturidade. Essa é palavra que define o atual estágio do ecossistema brasileiro de empreendedorismo e inovação. O segmento conta com...
meta-chinesa-de-tornar-se-potencia-em-inovacao-cria-oportunidades-para-empreendimentos-brasileiros Fortaleza (CE) - O 13º Plano Quinquenal da República Popular da China estabelece metas ousadas para o desenvolvimento da economia. O...
fundos-de-capital-privado-sao-alternativa-a-crise-para-empresas-inovadoras Fortaleza (CE) - O atual ciclo recessivo da economia brasileira, iniciado em dezembro de 2014, atingiu em setembro o segundo pior...
empreendedorismo-em-negocios-de-impacto-social-cresce-no-brasil Fortaleza (CE) - Aos poucos o brasileiro começa a entender melhor a cultura do empreendedorismo, tida por muitos especialistas como...
gestores-apostam-em-integracao-de-esforcos-para-impulsionar-negocios-inovadores Fortaleza (CE) - Há aproximadamente duas décadas, o ecossistema brasileiro de inovação dependia exclusivamente dos governos...