Pesquisa sobre Zika vírus recebe R$ 400 mil da Fapeal e British Council

C&T Sistemas Estaduais - BR

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) e o British Council destinaram R$ 400 mil para cooperação em pesquisas sobre o Zika vírus. Os recursos serão utilizados ao longo de 36 meses e contribuirão para desenvolvimento de trabalhos conjuntos entre pesquisadores brasileiros e do Reino Unido.

O professor Baldoíno Fonseca, doutor em informática do Instituto de Computação da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) irá desenvolver seu trabalho em parceria com o pesquisador Alexander Romanovsky, ligado à Universidade de Newcastle, no Reino Unido. A colaboração também contará com pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e da Pontifícia Universidade Católica, no Rio Janeiro.

O título da pesquisa é “Combinando gamificação e redes sociais para melhorar a prevenção e controle do Zika”. Além de entrevistas com as comunidades locais, a ideia é utilizar informações postadas por essas pessoas em aplicativos e redes sociais sobre focos de vírus, suspeitas da doença e casos confirmados.

Aliando a participação comunitária à tecnologia, o projeto também visa desenvolver recursos voltados à inteligência de dados, como softwares, mapas-online e algoritmos. Tudo isso num esforço de mapear a incidência do Zika, identificar padrões e analisar a previsibilidade dos focos.

O British Council lançou a chamada pública no ano passado de até 100 mil libras para pesquisas sobre o Zika, por meio do Fundo Newton. A iniciativa do governo britânico injeta o recurso em estados de países parceiros, para desenvolvimento social e econômico por meio de pesquisa, ciência e tecnologia. A Fapeal foi a escolhida e, em contrapartida, destinou R$ 215 mil.

(Agência ABIPTI, com informações da Fapeal e Confap)


Especial: 26ª Conferência Anprotec

sinergia-e-politica-de-estado-sao-desafios-para-o-brasil-avalia-presidente-da-anprotec Maturidade. Essa é palavra que define o atual estágio do ecossistema brasileiro de empreendedorismo e inovação. O segmento conta com...
meta-chinesa-de-tornar-se-potencia-em-inovacao-cria-oportunidades-para-empreendimentos-brasileiros Fortaleza (CE) - O 13º Plano Quinquenal da República Popular da China estabelece metas ousadas para o desenvolvimento da economia. O...
fundos-de-capital-privado-sao-alternativa-a-crise-para-empresas-inovadoras Fortaleza (CE) - O atual ciclo recessivo da economia brasileira, iniciado em dezembro de 2014, atingiu em setembro o segundo pior...
empreendedorismo-em-negocios-de-impacto-social-cresce-no-brasil Fortaleza (CE) - Aos poucos o brasileiro começa a entender melhor a cultura do empreendedorismo, tida por muitos especialistas como...
gestores-apostam-em-integracao-de-esforcos-para-impulsionar-negocios-inovadores Fortaleza (CE) - Há aproximadamente duas décadas, o ecossistema brasileiro de inovação dependia exclusivamente dos governos...